Santa Cruz perde de virada

O Santa Cruz não conseguiu segurar o Atlético-GO no Arruda. O tricolor até saiu na frente do placar, mas perdeu de virada por 2×1. O Resultado deixa o tricolor em situação complicada, porém não impossível na Copa do Brasil. No jogo da volta das Oitavas-de-Finais, o Santa terá que vencer por dois gols de diferença. Ou por um gol desde que o placar seja de 3×2 para cima.

O Primeiro tempo começou equilibrado com as duas equipes buscando o gol. Aos seis minutos de jogo, Rodrigo Tiuí recebeu na área, mas bateu por cima do gol de Tutti. O Santa Cruz abriu o placar aos 13 minutos. Gilberto Matuto cobrou falta, a bola passou por todo mundo e quicou na frente do goleiro antes de entrar. O time tricolor se empolgou e partiu em busca do segundo. Aos 14 minutos, Dedé chutou e o goleiro defendeu com o pé. Dois minutos depois, Élvis recebeu, tirou o goleiro da jogada, mas quando chutou viu o zagueiro tirar em cima da linha.

O Atlético-GO acordou a partir dos 20 minutos e voltou a equilibrar. Diante da forte marcação adversária, o Santa não conseguiu produzir mais boas jogadas e só arriscava de fora da área. O Atlético-GO foi cauteloso e soube dar o bote na hora certa. Aos 43 minutos, Thiago Feltri fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Robston que subiu para dividir e cabeceou a bola para o fundo do gol. A torcida tricolor sentiu o gol e calou-se por um instante no Arruda.

A Segunda etapa foi dominada pelo Atlético-GO. A equipe goiana criou mais oportunidades e as melhores chances da partida. Aos 11 minutos, Ramalho chutou da entrada da área e assustou. Na cobrança de tiro de meta, o Santa saiu jogando errado. Thiago Feltri aproveitou, roubou a bola e bateu perigosamente para fora. Como o Santa não conseguia vencer a marcação, o time visitante foi se tornando o dono da partida. E a virada no placar era o esperado. E aconteceu aos 25 minutos. Marcão entrou pela lateral e cruzou, a zaga se atrapalhou para cortar e a bola sobrou para Robston bater de primeira para o fundo do gol.

O Santa Cruz sentiu o gol, assim como sua torcida. O time tricolor só reagiu aos 33 minutos em um chute de Gilberto Matuto que passou perto da trave. A resposta atleticana veio quatro minutos depois com Juninho que tentou encobrir Tutti, mas mandou para fora. Aos 39 minutos o goleiro tricolor faz uma grande defesa em jogada de Marcão que entrou cara a cara. O Santa tentou buscar o empate mas não teve força nem qualidade técnica para tal feito.

Opinião

Resultado Justo. Venceu a melhor equipe em campo. O Atlético-GO jogou como quis. Marcou muito bem, puxou contra-ataques com eficiência e teve muito mais posse de bola. O Santa Cruz teve seus cinco minutos de domínio após abrir o placar e foi só. Com o meio de campo sem inspiração para se livrar da marcação e os atacantes apagados na partida, o tricolor não conseguiu criar muito.

A Situação é complicada mas não irreversível. Se o Santa Cruz jogar um futebol parecido com o das partidas contra o Botafogo pode sim surpreender e tirar a vantagem do Atlético-GO. Mas se apresentar o mesmo futebol desta quarta-feira, 14, estará eliminado facilmente.

As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira, 22, com o Atlético-GO jogando em casa e pelo empate ou até derrota por 1×0. A partida será às 21hs no estádio Serra Dourada, em Goiás.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: