Espanha vence o Chile

A Espanha mostrou sua força na Copa do Mundo. No último jogo da primeira fase, os espanhóis derrotaram o Chile por 2×1 e conseguiram a classificação para as oitavas-de-finais. Ainda por cima, garantiram o 1º lugar do Grupo H. Os chilenos ficaram com a 2ª posição e também avançam de fase.

A partida começou equilibrada. A Espanha tentava atacar e o Chile se defendia muito bem. E quando o time chileno resolveu partir para cima e estava no seu melhor momento na partida, tomou um gol. Aos 24 minutos, o goleiro Bravo saiu da área e cortou uma bola, mas errou o passe e entregou para David Villa. O atacante espanhol viu o gol vazio e chutou de longe para o fundo das redes. O Chile sentiu o golpe e se desestabilizou um pouco em campo. A Espanha ficou em cima e aos 37 minutos ampliou o placar. Fernando Torres lançou David Villa que ajeitou para Iniesta. O meia acertou um chute colocado e rasteiro no canto do goleiro chileno. Logo após o segundo gol espanhol, o zagueiro do Chile, Estrada, foi expulso por ter atingido Fernando Torres por trás.

No segundo tempo, o Chile já voltou com duas substituições. E deu certo. Aos dois minutos, Millar, que acabara de entrar, chutou de fora da área, a bola desviou na zaga e encobriu o goleiro, morrendo no fundo das redes. O 2×1 era interessante para as duas equipes, já que a Suíça empatava com Honduras. Até a metade do segundo tempo, os dois times buscaram atacar e fazer mais um gol, porém não tiveram êxito. Nos 20 minutos finais de jogo, a partida caiu de nível. Prevaleceu o toque de bola, principalmente do time espanhol. Nem Chile, nem Espanha mostravam vontade em mudar o placar. E nesse ritmo chato o jogo encaminhou-se até o apito final.

Opinião

Venceu quem foi mais objetiva e competente no jogo. A Espanha soube aproveitar bem suas chances e mostrou sua força. Os chilenos começaram bem a partida, com marcação forte e atacando sem medo da Espanha. Mas sentiram os gols e a expulsão de Estrada. No segundo tempo, o gol do Chile parecia que iria dá mais emoção, porém foi o contrário. Com o passar dos tempos, as duas equipes foram diminuindo o ritmo e o interesse pelo jogo. No final celebraram a classificação conjunta para as oitavas-de-finais.

A Espanha mostrou sua força. Reagiu nestes dois últimos jogos, mas ainda está devendo. Entretanto pode e deve crescer na fase mata-mata. Já o Chile mostrou a força do futebol sulamericano. Com uma forte marcação e um bom ataque, o time garantiu a vaga pelo que fez nos dois primeiro jogos. Será um forte adversário para o Brasil.

Nas oitavas-de-finais, a Espanha joga contra Portugal na terça-feira, 29, às 15h30. Já o Chile enfrentará o Brasil na segunda-feira, 28, às 15h30.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: