Espanha tira Portugal da Copa

A Espanha é a última seleção a garantir vaga nas quartas-de-finais da Copa do Mundo. Os espanhóis eliminaram Portugal ao vencer por 1×0. Agora, a Espanha vai enfrentar o Paraguai.

O Primeiro tempo foi dominado pela Espanha. Logos no primeiro minuto Fernando Torres chutou cruzado e o goleiro Eduardo espalmou. Aos dois minutos, foi a vez de Villa chutar e Eduardo defender. A Blitz espanhola era grande e o goleiro português parecia está em uma tarde inspirada. Aos seis minutos, Villa fez grande jogada individual e chutou. Eduardo espalmou mais uma vez. Depois desse início, a Espanha diminuiu o ritmo. Mas continuou superior. Portugal não conseguia reagir. O lance mais perigoso foi uma falta cobrada por Cristiano Ronaldo que o goleiro Casillas soltou, mas conseguiu pegar na sobra. A qualidade do restante do primeiro tempo foi baixa e o 0x0 persistiu até o intervalo.

No segundo tempo o jogo voltou com mais emoção. Aos seis minutos, Hugo Almeida partiu em velocidade e tentou cruzar. O zagueiro Puyol desviou e a bola passou perigosamente na frente do gol. A Espanha respondeu aos 15 minutos. Sérgio Ramos cabeceou e Eduardo fez uma defesaça. No minuto seguinte, Villa chutou e a bola passou raspando a trave. Aos 17 minutos, após boa troca de passes, Iniesta lançou, Xavi tocou de calcanhar e Villa chutou. Eduardo defendeu com os pés, mas no rebote Villa mandou para o fundo do gol, abrindo o placar. Depois disso só mais uma chance clara e foi da Espanha. Villa soltou uma bomba e Eduardo fez mais uma defesaça. Portugal se apagou em campo. A Espanha administrou o resultado. Se defendeu nos minutos finais da tentativa portuguesa de chegar na base do abafa. No fim, festa espanhola e choro do goleiro português por ter se sacrifidado tanto em vão.

Opinião

Resultado muito justo. Venceu quem jogou melhor. A Espanha foi superior o jogo inteiro. Portugal pouco criou, ficou na dependência de Cristiano Ronaldo que mais uma vez esteve apagado em campo. O Único destaque positivo português foi o goleiro Eduardo, fez grandes defesas e salvou uma goleada. A Espanha não é tão boa quanto falava-se antes da Copa, mas tem seus jogadores perigosos. Principalmente Villa que foi o destaque mais uma vez. O time tem um bom toque de bola e boa finalização. Deve passar fácil pelo Paraguai, mas não deve chegar à final.

Nas quartas-de-finais, a Espanha joga contra o Paraguai no sábado, 03, às 15h30.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: