Náutico vence e assume liderança

O Náutico é o novo líder da Série B. Foi duro, foi dificil e dramático. Mas o timbu derrotou o ASA-AL por 2×1, nos Aflitos, pela 8ª rodada da competição. Beneficiado por outros resultados da rodada, o time alvirrubro retoma a liderança com 17 pontos ganhos. Enquanto que o ASA-AL fica com o 13º lugar com dez pontos.

O Primeiro tempo foi bem equilibrado. Começou muito truncado e bem disputado no meio-de-campo. Poucas chances foram criadas pelas duas equipes. O ASA-AL foi o priemiro a finalizar com perigo. Aos 11 minutos, Cleiton fez boa jogada e chutou forte. Glédson espalmou. A resposta do Náutico veio aos 28 minutos. Geílson recebeu na área e chutou a bola na trave. Dez minutos depois, Cristiano cabeceou e o goleiro teve dificuldades para segurar e defender em cima da linha. O Náutico era mais perigoso e foi recompensado no fim da primeira etapa. Aos 42 minutos, Giovani entrou na área e cruzou. Cristiano subiu livre e cabeceou para o fundo do gol, fazendo 1×0 para o timbu. Assim, o time alvirrubro foi para o intervalo com uma vitória merecida.

No segundo tempo, a partida começou chata, sem emoção e muito truncada no meio-de-campo. Até que aos 18 minutos, o ASA empatou o jogo. Sílvio bateu cruzado, Gledson não segurou e a bola sobrou para Júnior Viçosa que cabeceou para as redes. O time do Náutico começou a ficar nervoso. O ASA tentou se empolgar para virar o jogo. Na base da raça, o timbu foi aos poucos tomando conta do jogo. O time alagoano se fechou para tentar explorar contra-ataques, mas não obteve sucesso. O Náutico esbarrava no limite técnico de sua equipe. A torcida começou a perder a paciência. E quase no apagar das luzes, apareceu Zé Carlos para salvar o alvirrubro. Aos 47 minutos, Zé Carlos cobrou falta na barrreira. No rebote, ele próprio pegou a bola na frente da área e chutou no cantinho do goleiro Paulo Musse, marcando o gol da vitória alvirrubra.

Opinião

Foi uma vitória da raça. O time do Náutico lutou muito para conquistar o resultado. Faltou qualidade técnica, mas sobrou disposição. O Náutico foi o time mais objetivo da partida. Finalizou mais e foi bem mais perigoso. O ASA não teve tanta competência para concluir seus ataques e teve poucas finaçozações. Prevaleceu a individualidade e a persistência de jogadores alvirrubros como Zé Carlos. Ele acreditou até o fim e conseguiu um gol nos acréscimos se recuperando de um erro seu.

 O Goleiro Gledson fez uma boa partida. Falhou no gol e quase vira vilão, mas fez defesas seguras e ajudou bem o time. Um destaque vai também para o meia Giovani que articulou bem as jogadas. Deu o passe para o primeiro gol. O time caiu bastante após sua saída. Os meninos Thiago Marin e Thiaguinho precisam amadurecer mais. Podem mostrar muito além do que fizeram nesta partida. Além de terem que ter um pouco mais de calma na hora de definir. Esta última recomendação serve também para Tinga. Ele teve duas boas jogadas em seus pés, mas pecou na hora de concluir. Ao invés de cruzar chutou longe do gol. Gallo tem que aprimorar mais o último passe. E o time precisa de um meia de criação com mais qualidade.

Na próxima rodada, o Náutico joga sábado, 17, contra o América-MG às 16h10 em Sete Lagoas-MG. Já o ASA joga na sexta-feira, 16, em Arapiraca-AL contra o Brasiliense às 21hs.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: