Sport vence o Ipatinga e mantém sequência

O Sport deu sequência aos 100% de aproveitamento da era Toninho Cerezo. Nesta terça-feira, 13, o leão derrotou o Ipatinga por 3×1, em jogo válido pela 8ª rodada da Série B. Foi a terceira vitória seguida do time na competição. Com o resultado, o Sport assumiu o 12º lugar com dez pontos. Já o Ipatinga caiu para o 19º lugar tendo somado só três pontos.

O Primeiro tempo foi bem disputado. O Ipatinga começou tomando a inciativa e o Sport tentava responder na base da velocidade e do toque de bola. A primeira chance foi do Ipatinga. Em rápido contra-ataque, Preto foi lançado e bateu cruzado, a bola desviou em Dutra e foi na rede pelo lado de fora. A Resposta do Sport acabou sendo fatal. Aos cinco minutos, após boa troca de passes, Ciro ajeitou de calcanhar para Eduardo Ramos que entrou na área e chutou na saída do goleiro para o fundo das redes, abrindo o placar. O Ipatinga não se intimidou e continuou tomando a iniciativa. Aos nove minutos, Preto chutou forte e Magrão fez uma defesa em dois tempos. No minuto seguinte, o Sport reagiu. Eduardo Ramos cruzou e o zagueiro cortou contra a própria meta, mas o goleiro do Ipatinga segurou firme. O jogo seguiu o panorama de equilibrio e o Sport acabou chegando ao segundo gol em jogada individual de Ciro. Aos 22 minutos, ele recebeu na frente da área, driblou dois zagueiros e antes que o terceiro adversário chegasse ele chutou forte no canto do goleiro.

Desesperado com o resultado negativo, o time do Ipatinga começou a ser mais objetivo em suas finalizações. Porém surgiu a estrela de Magrão para salvar o Sport. Aos 25 minutos, um chute cruzado sobrou para Preto que chutou à queima roupa e o goleiro rubro-negro fez uma defesaça. Na sequência do lance, a bola foi cruzada na área para Thiago Matias que dominou e chutou na trave. O Sport continuava apostando nas jogadas do contra-ataque. E teve a grande chance de definir a partida aos 41 minutos. Após lançamento,o zagueiro furou e a bola sobrou para Germano cara a cara com o goleiro. Mas o volante rubro-negro pegou errado na bola e chutou para fora.

No segundo tempo, o Sport voltou mais recuado. O Ipatinga veio com duas alterações que surtiram efeito e fizeram o time pressionar o leão da Ilha. E a pressão deu resultado. Aos dez minutos, cruzamento na área, Renato tentou cortar, mas pegou mal na bola que sobrou na pequena área para Leonardo empurrar para o fundo do gol. O Sport ficou um pouco atordoado com o gol. O Ipatinga tentou se aproveitar para empatar o jogo. E por pouco não consegue. Aos 14 minutos, o juiz marcou um recuo de bola de Marcel para Magrão. Falta dentro da área para o Ipatinga. A cobrança foi ensaiada e Preto chutou forte, a bola resvalou no travessão. O Sport só conseguiu reagir a partir dos 20 minutos quando começou a sair para o ataque.

Aos 24 minutos, Dutra tocou para Germano que deixou de calcanhar para Eduardo Ramos. O meia chutou rasteiro e a bola passou perigosamente perto da trave. O Ipatinga seguiu tendo mais posse de bola. Porém o Sport se fechou bem e não deu mais espaço para o time adversário. Usando sua maior arma no jogo, o Sport definiu o resultado aos 41 minutos. Em um rápido contra-ataque, Eduardo Ramos lançou Mateus que driblou o marcador e chutou no ângulo de Douglas. Um golaço. Foi para fechar com chave-de-ouro a vitória leonina.

Opinião

O Sport venceu por ter sido mais eficiente. O Ipatinga teve muito mais posse de bola, porém teve dificuldades para finalizar, principalmente no segundo tempo. E quando conseguiu, esbarrou em Magrão. O Sport foi muito bem tanto ofensivamente como defensivamento no primeiro tempo. Na segunda etapa, o time voltou muito recuado. Tomou o gol e só reagiu na metade do tempo. Quando acordou,o time se fechou bem. Com uma marcação eficiente não deu espaços para o Ipatinga que tocava a bola de um lado para o outro tentando achar uma brecha para atacar.  A grande marca do Sport no primeiro tempo, a eficiência nas finalizações, voltou a aparecer no final do jogo. No contra-ataque o time matou o jogo.

A Equipe mostrou-se forte no quesito marcação. E uma eficiência surpreendente nas finalizações. O time foi fatal quando atacou. Poucas chances claras e poucas foram disperdiçadas. O time se adequou à forma de Toninho Cerezo. Ele tem o grupo na mão e pode levar o Sport muito mais longe do que o esperado na sua chegada. Parabéns ao time e ao treinador pela postura no jogo e pela vitória.

Ciro foi o grande destaque do time. Fez uma grande partida. Sem medo de partir para cima dos adversários. Foi ousado e até soube jogar de maneira coletiva, preferindo tocar ao invés de finalizar. Deu um lindo passe no primeiro gol, marcou o segundo e ainda participou indiretamento do terceiro ao atrair a marcação para si, deixando Mateus um pouco mais livre. Magrão foi outro destaque. Fez grandes defesas no primeiro tempo e ajudou o time a segurar o resultado.

Na próxima rodada, o Sport joga contra a Ponte Pretra na Ilha do Retiro. O Ipatinga enfrentará o Vila Nova em Goiana-GO. Os dois jogos serão realizados no sábado, 17, às 16h10.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: