Sport fica no empate

O Sport empatou com a Ponte Preta por 1×1 na Ilha do Retiro. Em jogo válido pela 9ª rodada da Série B, leão não conseguiu superar a forte marcação do time paulista. O Resultado deixou o Sport na 12ª colocação com 11 pontos ganhos. Já a Ponte Preta ficou no 15º lugar com dez pontos.

O Sport tentou ir para cima. Mas a Ponte Preta surpreendeu e abriu o placar logo aos cinco minutos. Após uma falha de marcação, André cruzou para Reis que chutou de forma indefensável para Magrão. O gol deixou o time do Sport um pouco nervoso. Muita vontade em chegar ao empate, mas faltava acertar o passe final para os atacantes. E além disso, a Ponte Preta se fechou bem, com uma marcação muito forte na defesa. A Equipe rubro-negra teve duas grandes chances, mas esbarrou no goleiro Eduardo Martini que fez boas defesas. A Ponte Preta tentava explorar os contra-ataques, mas teve poucos êxitos, muito graças a também boa marcação rubro-negra.

No segundo tempo, o Sport teve superioridade na posse de bola. Poucas vezes, a Ponte Preta foi ao ataque. O time de Campinas teve uma grande chance de matar o jogo com William. Mas Magrão fez uma defesaça e salvou o Sport. O time leonino deixou a torcida impaciente ora pela lentidão ora pela falta de qualidade na criação das jogadas. Ciro teve a oportunidade mais clara da etapa, porém chutou cruzado para fora. Quando o desespero já estava batendo no time veio o alívio. Aos 36 minutos, Zé Antônio cobrou falta e mandou uma bomba indefensável para empatar o jogo na Ilha. A Torcida se empolgou, mas o time nem tanto. Novamente esbarrando em seus limites técnicos e na marcação da Ponte Preta, o Sport não conseguiu virar o jogo.

Opinião

O Resultado foi justo. O Sport acabou sendo superior na posse de bola. Mas faltou capricho no último passe. O time chegava ao ataque, mas não finalizava. Poucas foram as chances claras. A Ponte se aproveitou de uma falha e abriu o placar. Depois se fechou muito bem e dificultou bastante a vida do Sport. O time campineiro pouco fez para buscar a vitória. O Sport precisava de jogadas individuais, porém o único que se arriscava a isto era o lateral Renato. Mas pecavana na finalização.Faltou qualidade ofensiva ao time rubro-negro. Não foi o mesmo do jogo contra o Ipatinga, quando deu um show de eficiência nas poucas vezes que conseguiu atacar. Vontade não faltou, mas sim qualidade.

Pela segunda vez na competição, a equipe contou com um chute forte de Zé Antônio para salvar o que seria uma derrota dentro de casa. Uma coisa que ficou bem clara nesta partida é que o time precisa de peças de reposição. Precisa de mais um meia ao lado de Eduardo Ramos. E mais um atacante. Cerezo mexeu errado em duas de suas três alterações. O time já estava sem criação e ele ainda tirou o único meia. Deixou três volantes e três atacantes para criarem e finalizarem. Aí ficou mais difícil ainda.  Dos jogadores que entraram em campo no segundo tempo, o destaque foi Zé Antônio. Não só pelo gol, mas pela visão de jogo e distribuição das jogadas. Leandrão mostrou vontade. E Pedro Júnior ficou devendo mais uma vez, acabou fazendo partida ruim.

O Sport está se distanciando do G4 e preciosa voltar a embalar para não deixar escapar os adversários mais fortes. A Direção precisa ser rápida nas contratações para repor o elenco.

Na próxima rodada, o Sport enfrenta o Coritiba sábados, 24m às 16h10 na Arena Joinville. Já a Ponte Preta joga contra o Ipatinga na sexta-feira, 23, às 21hs em Campinas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: