Mudanças no Santa Cruz

O Presidente do Santa Cruz, Fernando Bezerra Coelho deu uma entrevista coletiva no começo da noite desta segunda-feira para falar do futuro do Santa Cruz. Um dia após a eliminação na Série D, o mandatário tricolor anunciou várias mudanças no departamento de futebol. Dirigente, técnico e jogadores deixam o clube.

O Primeiro a sair é Givanildo Oliveira. Na verdade o próprio treinador entregou o cargo logo após a derrota para o Santa Cruz. “Meu trabalho foi focado na Série D. O Santa Cruz segue a vida dele e eu a minha. Eu não tenho porque ficar dando gasto ao clube até dezembro”, falou Givanildo em entrevista após o jogo. O Presidente do clube, Fernando Brezerra Coelho apenas confirmou que o técnico não comanda mais o time e deixa o clube juntamente com o preparador fisíco Wellington Vero. O Substituto de Givanildo será definido até quinta-feira, 16.

Outro que também não faz parte mais do futebol do Santa Cruz é o diretor Raimundo Queiroz. Ele chegou a dá entrevista logo cedo ainda como diretor, mas a sua saída foi anunciada pelo presidente do clube. Uma comissão de transição comandada por Nevton Borba e Roberto Freire irá comandar o futebol do Santa Cruz até as eleições onde será formada uma nova direção de futebol.

Quanto ao elenco tricolor, Fernando Bezerra Coelho afirmou que serão feitas algumas dispensas. Um número mínimo de jogadores permanerá para o complemento do Campeonato do Nordeste e para a Copa Pernambuco. A partir desta terça-feira, 14, os jogadores serão chamados para definir seu futuro e fazer as respectivas rescisões de contrato.

Por fim, o presidente tricolor garantiu que vai antecipara as eleições do clube para outubro. ” É para dá mais tempo à nova direção para montar o departamento de futebol antes do início do Campeonato Pernambucano que é no começo de janeiro(2011)”, afirmou o mandatário tricolor.

VERGONHA – Na tarde desta segunda-feira, 13, pouco antes da entrevista do presidente, a delegação do Santa Cruz chegou ao Recife. E a maioria dos jogadores optaram por seguir o conselho do então diretor Raimundo Queiroz e deixaram o aeroporto pela porta dos fundos. Talvez fosse o medo do que iriam encontrar. Mas poucos torcedores compareceram ao aeroporto para protestar. Apenas o goleiro Tutti e o lateral Osmar saíram pela porta da frente. ” Eu quando fui viajar fui pela porta da frente, então tenho que sair pela porta da frente também”, afirmou o goleiro tricolor.

O Técnico Givanildo Oliveira também saiu pela porta da frente, mas não deu entrevistas. O Grupo que saiu por trás seguiu de ônibus até o clube. Já Osmar e Tutti foram de táxi.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: