Náutico é derrotado pelo São Caetano

A Má fase do Náutico na Série B não passa. O timbu foi novamente derrotado. E desta vez dentro de casa. O time lutou, mas não impediu a vitória do São Caetano por 2×1. Com o resultado, o Náutico caiu para o 11º lugar seguindo com 34 pontos.

O Primeiro tempo foi equilibrado. O Náutico tomava a iniciativa, mas não finalizava com perigo. E o São Caetano tentava explorar as falhas de marcação do adversário. A falta de qualidade nas jogadas era tanta que os primeiros gols saíram em lances de bolas paradas. Aos 30 minutos o São Caetano abriu o placar. Após cobrança de falta, Anderson Marques desviou e Gledson fez grande defesa. Mas no rebote Eduardo encheu o pé e mandou para o fundo do gol. O Náutico respondeu rapidamente. Aos34 minutos, Giovanni cobrou falta com categoria por cima da barreira, de forma indefensável para o goleiro e empatou o jogo.

O Timbu tentou empolgar e continuou em cima do adversário. Aos 39 minutos, Giovanni acertou um chute na trave. O São Caetano afastou a bola e armou um contra-ataque fatal. Aílton recebeu na entrada da área, livrou-se de Diego Bispo e chutou no canto do Gledson, que nada pode fazer para evitar o segundo gol do time paulista. O São Caetano conseguia levar uma vantagem para o intervalo por ter mais competência na finalização.

No segundo tempo, o Náutico dominou o jogo. O Timbu foi para cima em busca do empate. O São Caetano se fechou bem e passou a tentar explorar os contra-ataques. Apesar do domínio e de ter mais posse de bola o Náutico não conseguia ter qualidaee suficiente para empatar a partida. O Lance mais perigoso foi aos 38 minutos. Bruno Veiga entrou cara a cara com Luiz, mas chutou em cima do goleiro e desperdiçou a melhor chance do timbu na etapa final. Apesar de se esforçar, o Náutico tinha que engolir mais uma derrota por falta de qualidade técnica.

Opinião

Pelo volume de jogo, o Náutico merecia um empate. Mas faltou qualidade. Esse time do Náutico é muito oscilante. Os jogadores até lutaram, porém de uma forma desorganizada. Muitos erros de passes, lançamentos e finalizações. O São Caetano também não fez uma boa partida. Foi apenas um pouco mais competente em suas finalizações. Pelo que as duas equipes fizeram um empate sem gols era até mais justo. Porém a bola parada foi fundamental na primeira etapa para balançar as redes. E o São Caetano venceu  por saber armar um contra-ataque fatal.

O Que mais chateia nesse time do Náutico é a variação de esquema tático. Gallo não consegue dá um padrão ao time. Escalou o time no 3-5-2 depois mudou para o 4-3-3 e com variações durante o jogo. O time prova isto com a forma desorganizada que joga. Erra muito passe e não consegue criar muitas jogadas ofensivas com toque de bola. É na base do desespero. Desse jeito não tem time que vença ou que consiga uma sequência de vitórias para tentar subir.

Mudanças devem acontecer no time. Gallo fica? Muito provavelmente não. A Diretoria do Náutico deve se pronunciar nesta quarta-feira à tarde. Algumas dispensas, poucas, devem acontecer. Vamos aguardar. Mas algo para precisa ser feito e logo para tirar o Náutico desta situação antes que o time entre de vez na briga contra o rebaixamento.

Na próxima rodada o Náutico encara o Ipatinga-MG no sábado, 02, em Minas Gerais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: