Náutico vence e respira

O Náutico está vivo na Série B. O timbu finalmente voltou a vencer na competição e aumentou as chances de permanecer na competição em 2011. Foi uma vitória maíuscula. Dentro dos Aflitos, o Náutico bateu o América-MG por 2×1. Este resultado deixou o timbu em 12º lugar com  37 pontos ganhos. A distância para  a zona do rebaixamento aumentou para oito pontos.

O Primeiro tempo começou com o Náutico tentando tomar a iniciativa. Mas não conseguia chegar com perigo. O time era lento na armação. O América-MG reagiu a partir dos 20 minutos e tomou conta do jogo. O time mineiro explorava os erros adversários para tentar se dá bem. O primeiro lance agitado da partida foi aos 25 minutos. Jean Batista apareceu livre e entrou na área, Gledson saiu e esbarrou no jogador cometendo falta. O juiz marcou lance fora da área, mas a jogada foi claramente dentro da área. Pênalti claro não marcado. Melhor para o Náutico. Que apesar de dominado achou um gol no finalzinho da primeira etapa. Aos 38 minutos, Zé Carlos cruzou e Joélson subiu bem e cabeceou para o fundo das redes. Era o gol que dava alívio e tranquilidade para o timbu.

No segundo tempo, as coisas pareciam querer ficar difícil para o Náutico. Aos três minutos Zé Carlos fez falta dura e desnecessária. Acabou sendo expulso. Ao contrário do que se esperava o Náutico cresceu em campo. Na base da raça, da superação e da empolgação da torcida o time foi para cima do América-MG. E acabou recompensado aos 14 minutos. Geílson tabelou com Joélson e no meio dos zagueiros mandou para o fundo das redes, fazendo 2×0. O Timbu continuou melhor em campo. Com uma marcação eficiente. O América-MG demorou para acordar na partida. Aos 34 minutos o time alvirrubro deu bobeiro e permitiu a reação mineira. Jandson recebeu na área e chutou forte para o gol, sem chances para Gledson. Os quatorze minutos restantes foram de pressão do América. Mas prevaleceu a força e a raça alvirrubra. O timbu segurou bem a primeira vitória sob o comando de Roberto Fernandes.

 

Opinião

Esse é o Náutico que a gente quer vê  daqui para frente. Um time aguerrido que com muita vontade e uma marcação forte venceu o jogo. O Timbu ganhou por ter sido mais guerreiro. E mais competente em suas finalizações. Mesmo com um homem a mais a equipe soube se superar e conquistar os três pontos.

Parabéns ao time que ainda tem muito o que melhorar. Mas este espiríto guerreiro tem sempre que prevalecer. A equipe incorporou a cara de um time comandado por Roberto Fernandes. Onde quando a qualidade não ajuda, a vontade ou determinação supera. Precisa corrigir alguns erros de marcação e troca de passes. Mas agora pode respirar um pouco mais aliviado para poder trabalhar melhor e tentar uma sequência de bons resultados.

 

Na próxima rodada o Náutico encara o Bahia no Sábado, 16. O jogo será às 16hs no estádio Pituaçu, em Salvador.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: