MAGRÃO: O Craque da Série B

O Goleiro Magrão, do Sport, foi eleito o melhor jogador da Série B de 2010. Em votação realizada pelo site do canal assinatura SPORTV mais de 600 mil pessoas votaram na eleição. Magrão barrou jogadores com Jael, do Bahia, Enrico, do Coritiba, ambos subiram com seus times. O Goleiro rubro-negro ainda ganhou a disputa de melhor goleiro do campeonato. Além dele três outros rubro-negros ganharam espaço na seleção da Série B. Germano foi escolhido o segundo melhor volante. Marcelinho Paraíba ganhou vaga como 2º melhor meia. Já o atacante Ciro foi o mais votado na sua posição, sendo assim eleito o melhor atacante da competição.

Na disputa de Craque da Série B, Magrão teve 46% dos 625 885 votos. São mais de 287 mil votos para o goleiro. O Segundo colocado foi Jael, do Bahia, que obteve 38% dos votos. Na disputa de melhor goleiro, o paredão rubro-negro foi votado por 71% dos internautas votantes. Ele venceu a disputa que travou contra Wilson, do Figueirense-SC, que teve 24% e Gilvan, do Bragantino.

Germano foi eleito o segundo melhor volante com 36% dos votos. Perdeu apenas para Fábio Bahia, do Bahia, que ficou com 39% dos votos. O Meia Marcelinho Paraíba recebeu 32% dos votos para melhor meia da Série B. Ele ficou atrás apenas de Morais, do Bahia, que obteve 41% dos votos. Por fim o atacante Ciro foi eleito pelos internautas o melhor atacante da Série B com 37% dos votos. O Segundo colocado foi Adriano, do Bahia, com 31%. Em números a votação para cada posição não é a mesma que para craque do campeonato e o site não divulgou o número exato de votos totais para cada posição.

É claro que não é uma votação oficial. Pelo andar da votação fcou claro que havia mais um disputa entre a torcida do Sport e a do Bahia para ver quem tinha mais força. Mas a escolha de Magrão é merecida. Sem dúvida nenhuma ele é hoje um dos melhores goleiros do Brasil, se não o melhor entre os que atuam no país. Salvou o Sport inúmeras vezes durante a competição e foi sim o grande destaque da Série B. Quanto às outras posições ficou mais real a disputa de torcidas do que uma eleição mesmo de melhor jogador. Ciro foi um dos principais artilheiros, mas passou longe de ser o melhor atacante da competição. Assim como Marcelinho Paraíba que poderia está entre os cinco melhores, mas não entre os dois. Germano oscilou bastante durante a competição. Cometeu alguns erros cruciais de marcação em jogos decisivos. Também poderia aparecer no Top 5 de sua posição, mas não como um dos dois melhores.

 

Veja abaixo a Seleção do Campeonato escolhida pelos internautas:

 

Goleiro: Magrão (Sport)

Lateral-direito: Marcos Rocha(América-MG)

Zagueiros: Nen (Bahia) e Gabriel Santos (América-MG)

Lateral-esquerdo: Ávine (Bahia)

Volantes: Fábio Bahia (Bahia) e Germano (Sport)

Meias: Morais (Bahia) e Marcelinho Paraíba (Sport)

Atacantes: Ciro (Sport) e Adriano (Bahia)

 

Técnico: Márcio Araújo (Bahia)

Revelação da Série B: Roberto Firmino (Figueirense)

Craque da Série B: Magrão (Sport)

Fim da temporada de Futebol Pernambucano

Com o final da Copa Pernambuco e da Série B encerrou-se a temporada de futebol de Pernambuco. E 2010 foi um ano de surpresas e decepções para o nosso estado no esporte que é a maior paixão estadual e nacional. De bom tivemos as emocionantes finais do Campeonato Pernambucano, o acesso do Salgueiro para a Série B. E decepcionante foi ver o Santa ficar na Série D, o Sport perder por conta própria a chance de voltar à Série A e o Náutico ter que lutar muito para se contentar com a permanência na Série B evitando um final muito pior.

O Ano começou com um Campeonato Pernambucano que prometia ser um dos melhores dos últimos anos. A certeza de que venceria o time que tivesse folêgo para após 22 rodadas disputar uma semifinal e uma final. A certeza de que pelo menos um time do interior teria a grande chance de conquistar o inédito título estadual. E este time foi o Central que acabou decepcionando sua torcida e foi eliminado na semifinal pelo Sport. O time rubro-negro aliás fez uma grande campanha e terminou a fase inicial com folga na liderança.

No mata-mata a emoção começou a rolar com uma bem disputada semifinal entre Santa Cruz e Náutico. Melhor para o timbu que na base do drama empatou o primeiro jogo no Arruda e venceu a partida de volta por 1×0. Dois jogos emocionantes. Do outro lado o Sport passou com tranquilidade pelo Central e confirmou seu favoritismo com duas vitórias( 3×0 e 1×0). A Final foi mais emocionante ainda. Dois jogos eletrizantes. No primeiro o Náutico abriu 3×0, mas permitiu a reação do Sport que diminuiu para 3×2. E no segundo jogo drama até o último minuto e um gol de Leandrão deu o pentacampeonato aos rubro-negros. Para relembrar tudo do campeonato pernambucano clique aqui.

Na Copa do Brasil os Pernambucanos decepcionaram. O Santa Cruz até que surpreendeu. O time coral conseguiu ir mais longe do que nos anos anteriores e chegou até as oitavas-de-finais. O resultado mais surpreendente foi quando o Santa Cruz eliminou o Botafogo-RJ com uma vitória heroíca no Rio de Janeiro por 3×2 na 2ª fase. Mas o tricolor não teve forças para superar o Atlético-GO e foi derrotado duas vezes. O Náutico saiu da competição ainda na segunda fase e de forma humilhante sendo goleado por 5×0 pelo Vitória, em Salvador-BA. Já o Sport também não passou das oitavas-de-finais. Depois de eliminar facilmente o Brasília-DF, sofrer para passar pelo Paraná, o Leão não resistiu ao Atlético-MG e foi eliminado com duas derrotas. Ceifando assim a participação ruim de Pernambuco na competição.

Então veio o Campeonato Brasileiro. E aí vinheram surpresas, reviravoltas e muitas decepções. O Santa Cruz começou sua saga na Série D. Passou da 1ª fase. Mas foi eliminado na fase seguinte no mata-mata contra o Guarany-CE. Depois de vener o 1º jogo no Arruda o tricolor foi ao Ceará com a vantagem do empate, mas perdeu por 2×0 e fez mais uma vez sua torcida chorar. Mais uma ano decepcionante para os tricolores. O Central fez uma campanha discreta e foi eliminado na primeira fase da competição.

Subindo um degrau tinhamos o Salgueiro na Série C. O Carcará viveu momentos dificeís. Não começou bem a 1ª fase, chegou na última rodada entre a cruz e a espada. Se perdesse seria rebaixado para a Série D. Mas se ganhasse passaria de fase e continuaria brigando pelo acesso. O Carcará venceu o Alecrim-RN e seguiu na competição. Na 2ª fase encontrou uma adversário difícil, o Payssandu-PA. Mas eram duas decisões inéditas para o clube. Se passasse pelo clube paraense o Salgueiro estava na Série B de 2001. No primeiro jogo um empate em 1×1, em Salgueiro. E na partida de volta muito drama. Saiu perdendo, foi buscar o empate e a virada. Abriu 3×1, tomou o segundo gol, teve dois jogadores expulsos e sofreu uma pressão enorme. Mas os guerreiros sertanejos mostraram sua força. O Salgueiro segurou a vitória e conquistou o inédito acesso para a Série B do Campeonato Brasileiro. O time acabou perdendo a semifinal para o ABC-RN, mas o objetivo maior já havia sido alcançado.

E por falar em Série B na edição deste ano de 2010 estava a maior aposta de Pernambuco. Sport e Náutico entravam com chances reais de subir. O Sport começou muito mal. Fez apenas um ponto nos cinco jogos iniciais. Já o Náutico fez o contrário começou bem e assumiu a liderança por algumas rodadas. Mas o primeiro clássico entre as duas equipes causou uma mudança muito grande no destino de ambas. O Sport teve mudança na direção com a chegada de um colegiado para comandar o futebol, teve a contratação do técnico Geninho e vários jogadores de nome forte no mercado. O Time reagiu de forma impressionante. Passou 12 jogos invictos e a sonhar com o acesso que parecia impossível antes. Já o Náutico caiu consideravelmente de rendimento. E com isso caiu na tabela de classificação. O timbu passou a se preocupar em livrar o rebaixamento para a Série C. Depois de muito tempo segurando Alexandre Gallo a diretoria alvirrubra resolveu trazer Roberto Fernandes. E ele mais uma vez salvou o Náutico. Ele conseguiu unir jogadores e direção em um só pensamento que era livar o Náutico. Com muito drama o alívio só veio na penúltima rodada com uma virada em cima do Vila Nova e a vitória por 4×2. Enquanto isso o Sport que tinha reagido tropeçou nas próprias pernas. Vários empates contra times que estavam na zona de rebaixamento e uma incrível derrota contra o Ipatinga-MG dentro da Ilha do Retiro foram afastando o Sport do sonho. E o golpe final também veio na penúltima rodada. Uma derrota para o América-MG tirou o Sport da luta pelo acesso e adiou para 2011 a volta à elite do futebol brasileiro. No fim Sport e Náutico seguiram juntos graças à oscilações semelhantes com erros e acertos cruciais de seus mandatários.

Para encerrar a temporada o torcedor tricolor teve um motivo para comemorar. O Santa conquistou o tricampeonato da Copa Pernambucano. Apesar do nível amador da competição o título é importante para mostrar o valor dos atletas da base tricolor. A Copa Pernambuco serve como laboratório para testar as garotadas dos clubes da capitais e para dá mais competições aos times do interior. Este ano apenas cinco equipes participara, duas da capital(Sport e Santa) e três do interior(Porto, Central e Vitória). Esta tem sido a saída para o tricolor comemorar. Mas a esperança de dias melhores sempre se renova com a conquista de um título independente da competição que for.

Bom, 2010 acabou em termos de futebol para Pernambuco. Ficam os erros como lição para serem corrigidos em 2011 e vê se assim os times tem mais motivos para comemorar. Que em 2011 o Santa saia da Série D e suba para a C. Que Sport, Náutico e Salgueiro façam grandes campanhas e pelo menos dois subam e nenhum caia. Que tenhamos um campeonato pernambucano ainda mais emocionantes com partidas de tirar o folêgo. Que seja, então, um ano maravilhoso para o futebol de Pernambuco, diferente do que foi 2010.

Santa Cruz é tricampeão da Copa Pernambuco

O Santa Cruz conquistou na tarde deste domingo, 28, o tricampeonato da Copa Pernambuco. Jogando no Arruda o tricolor empatou com o Sport em 3×3 e garantiu o primeiro lugar da 2ª fase. Como havia conquistado o 1º lugar da 1ª fase o time coral levantou a taça de campeão da Copa Pernambuco. O Sport ficou com a 2ª colocação da fase.

O Sport precisava vencer por três gols de diferença para ficar com o título da fase e forçar uma final. E o leão foi quem abriu o placar. Aos seis minutos o goleiro Baggio fez pênalti em Anderson. Daivson cobrou e fez 1×0 para os rubro-negros. O Santa só conseguiu empatar aos 21  minutos. Juninho lançou Osmar que cruzou para Gilberto mandar para as redes e deixar tudo igual no placar. A Virada tricolor saiu aos 32 minutos. Renatinho cobrou falta, Everton Sena desviou de cabeça e Sidraílson completou para o fundo das redes.

No segundo tempo o Sport tentou correr atrás do placar e deu espaço para os contra-ataques do Santa. Aos oito minutos, Natan cobrou falta e Gilberto cabeceou para as redes fazendo 3×1. No minuto seguinte o Sport reagiu. Após cruzamento Paulinho chegou de carrinho e mandou para o fundo do gol. O Santa passou a administrar o resultado. Mas aos poucos o Sport foi reagindo até que chegou ao gol do empate. Aos 37 minutos Josias chutou e o zagueiro Memo tentou tirar, mas mandou contra a prórpria meta. O jogo ficou aberto. O Santa chegou a reclamar de pênalti em Gilberto. No lance seguinte Daivson cobrou falta, a bola desviou na barreira e passou perto assustando Baggio. O Placar não se alterou e o Santa comemorou o título.

 

O Tricolor já havia conquistado a Copa Pernambuco em 2008 e 2009. Parabéns ao Santa Cruz pelo título. Esta competição serve mais de laboratório para os clubes. E o Santa vem aproveitando bem. Espero que diferente do que aconteceu nos últimos dois anos os jogadores que forem aproveitados possam render melhor e ajudar o Santa a sair da situação difícil que se encontra.

Classificação Final da Série B

Veja quais foram os resultados da última rodada da Série B. E como ficou a classificação final da competição. Parabéns ao América-MG que conseguiu sua vaga na Série A após a última rodada e se juntou à Coritiba, Figueirense e Bahia no grupo que subiu de divisão.

Resultados da 38ª rodada

Sexta-feira, 26/11

Asa-AL  1×1  Duque de Caxias-RJ

Santo André-SP  1×0  Náutico

Sábado, 27/11

Ponte Preta 0 x 0 América-MG

Vila Nova-GO 2 x 1 São Caetano

Figueirense 4 x 2 Paraná Clube

Bragantino 2 x 0 Bahia

Sport 1 x 2 Portuguesa

Coritiba 2 x 3 Guaratinguetá

Ipatinga-MG 2 x 2 Icasa

América-RN 1 x 2 Brasiliense-DF

Classificação

Posição Clube P J V E D GP GC SG
Coritiba 71 38 21 8 9 69 49 +20
Figueirense 67 38 19 10 09 68 37 +31
Bahia 65 38 19 8 11 63 44 +19
América-MG 63 38 19 06 13 56 42 +14
Portuguesa 62 38 19 05 14 68 53 +15
Sport 56 38 15 11 12 55 41 +14
Paraná 53 38 15 08 15 47 44 +3
Bragantino 53 38 13 14 11 52 37 +15
ASA 52 38 16 04 18 53 56 -3
10º São Caetano 52 38 14 10 14 50 52 -2
11º Duque de Caxias 50 38 15 05 18 46 56 -10
12º Icasa 49 38 13 10 15 51 52 -1
13º Náutico 48 38 14 06 18 41 60 -19
14º Ponte Preta 48 38 12 12 14 49 48 +1
15º Guaratinguetá 47 38 11 14 13 48 58 -10
16º Vila Nova 46 38 13 07 18 50 68 -18
17º Brasiliense 46 38 12 10 16 41 59 -18
18º Santo André 43 38 11 10 17 53 61 -8
19º Ipatinga 41 38 11 08 19 47 62 -15
20º América-RN 41 38 11 08 19 40 68 -28

Legenda

JG – Jogos disputados

PG – Pontos Ganhos

V – Vitórias

E – Empates

D – Derrotas

GP – Gols Pró (Gols Marcados)

GC – Gols Contra (Gols Contra)

SG – Saldo de Gols

Subiram para a Série A

Rebaixados para a Série C

Náutico e Sport se despedem com derrota da Série B

Para coroar a frustrante campanha na Série B, Náutico e Sport se despediram com derrota. O Timbu perdeu para o Santo André-SP por 1×0 na noite de sexta-feira, 26. Já o Sport mesmo jogando em casa foi derrotado na tarde deste sábado, 27, pela Portuguesa-SP por 2×1.

O Náutico encerrou sua participação ficando na 13ª colocação com 48 pontos ganhos. Na despedida o timbu disperdiçou até pênalti com Cristiano e sofreu um gol aos 46 minutos do segundo tempo. O Gol da vitória do Santo André saiu após um bate-rebate e Borebi mandou para as redes.

O Sport encerra o Campeonato Brasileiro da Série B ocupando o 6º lugar com 56 pontos ganhos. O time leonino entrou em campo com um time misto de reservas e titulares. A Portuguesa lutava ainda pelo acesso para a Série A. E o time Paulista fez 2×0 no primeiro tempo com Marcos Antônio e Dodô. O Sport diminuiu na etapa complementar com um golaço de Fabrício cobrando falta. As duas equipes acabaram por morrer juntas e adiar o sonho de subir para a elite do nosso futebol.

A partir deste domingo, 28, tanto Náutico como Sport oficialmente passam a pensar na temporada de 2011. Contratações e dispensas irão acontecer. Neste domingo, 28, farei aqui no Blog um balanço das campanhas de Náutico e Sport nesta Série B. Apresentando aqueles que na minha opinião foram os maiores erros e acertos dos times para evitar a subida e a queda de divisão.

Campeonato Pernambuco vai começar antes do previsto

Após divulgar uma tabela polêmica e absurda do Campeonato Pernambucano de 2011, a Federação Pernambucana de Futebol resolveu antecipar o início da compeição. Antes previsto para começar em 16 de janeiro o estadual será iniciado em 13 de janeiro. A mudança foi um pedido dos clubes em virtude do aperto de datas nas sete rodadas iniciais. Seriam 7 jogos em 15 dias. Uma rodada a cada dois dias.

Após muita reclamação a FPF realizou na tarde de quarta-feira, 24, uma reunião onde ocorreu uma votação. E por 7 votos à 4 ficou decidido que a competição vai começar no dia 13 e que o único aperto será entre a 3ª e 4 rodada onde o intervalo será apenas de 48 horas de um jogo para outro.

 

Opinião

A FPF tinha divulgado uma tabela que era completamente absurda. Um desrespeito aos jogadores, ninguém pensou na integridade fisíca dos atletas. Os jogos aconteceriam no Domingo, na Terça-feira e na Quinta-feira da mesma semana. Um completo absurdo. Ainda mais se tratando de um ano tão importante para o futebol de Pernambuco. Nós teremos três equipes na Série B do Campeonato Brasileiro. Além do Santa Cruz que deve confirmar sua participação na Série D juntamento com outro clube do interior do estado.

Pela primeira tabela eram sete rodadas em 15 dias, quando o normal era para ser apenas quatro ou cinco rodadas. Agora haverá uma folga maior ( A FPF ainda vai divulgar uma nova tabela). Se não tem como encaixar o formato no número de datas disponíveis então que se mude a forma de disputa da competição. Já que assim fez nos últimos anos.

Lembrando que o formato do Pernambucano de 2010 será repetido em 2011. Com semifinal e final após 22 jogos da primeira fase.

Classificação da Copa Pernambuco

Veja como está a classificação da Copa Pernambuco em sua 2ª fase. Falta apenas uma rodada para o final da competição. Apenas Santa Cruz e Sport possuem chances de títulos. Central e Vitória se enfrentam apenas para cumprir tabela e o Porto já está eliminado e não joga mais.

Santa e Sport farão o clássico decisivo no Arruda na última rodada. O Santa conquista o título com uma vitória, um empate ou até mesmo uma derrota por 2 gols de diferença. O Sport só se consagra campeão da 2ª fase e garante presença na final da competição se vencer por 3 ou mais gols de diferença.

 

Classificação da 2ª fase

Posição Time PG JG V E D GP GC SG
Santa Cruz 09 03 03 00 00 06 01 +5
Porto 06 04 02 00 02 09 05 +4
Sport 06 03 02 00 01 03 03 00
Central 03 03 01 00 02 01 03 -2
Vitória 00 03 00 00 03 03 10 -7

 

Legenda

JG – Jogos disputados

PG – Pontos Ganhos

V – Vitórias

E – Empates

D – Derrotas

GP – Gols Pró (Gols Marcados)

GC – Gols Contra (Gols Contra)

SG – Saldo de Gols

* Zona de classificação para a final