Sport vacila e fica no empate com o Vila Nova-GO

Um jogo emocionante. Dramático. Com Golaços, defesaças e uma chuva de chances claras disperdiçadas. Assim foi o empate entre Vila Nova-GO 1×1 Sport. O Empate deixa o Sport à três pontos do G4. O time rubro-negro caiu para a 6ª colocação e tem 55 pontos ganhos. O América-MG, 4º colocoado, perdeu para o Bahia e ficou em 4º com 58 pontos.

O Primeiro tempo começou muito feio. Uma qualidade ruim do futebol apresentado pelas duas equipes. Até os 20 minutos muitos passes errados, jogo disputado no meio-de-campo e poucas finalizações. Só a partir dos 22 minutos foi que o jogo esquentou e ganhou ares emocionante. Primeiro foi o Vila Nova com um chute cruzado de Bruno Lopes que passou na lateral da trave. O Sport respondeu aos 25 minutos. Marcelinho Paraíba cobrou falta na entrada da área e Max espalmou para escanteio. Aos 28 minutos, Bruno Lopes recebeu livre na área e bateu em cima de Magrão que fechou bem o ângulo. Mas foi o time pernambucano quem abriu o placar. Aos 35 minutos, Marcelinho arrancou pelo meio e chutou de fora da área no ângulo, sem chances para Max. O Vila Nova não se intimidou e um minuto depois respondeu com um chute de Bruno Lopes que desviou na trave. O leão ainda teve uma grande chance de ampliar. Aos 43 minutos, Renato cruzou, Max falhou e a bola sobrou para Dutra, livre, mas o lateral mandou por cima do gol. O Vila Nova fechou o primeiro tempo com um chute de Jorge Henrique, Magrão se esticou todo para espalmar a bola.

No segundo tempo o Vila Nova-GO voltou melhor. O Time goiano veio com tudo em busca do empate. Aos cinco minutos, Magrão fez uma grande defesa. Mas aos sete minutos, Max Pardalzinho chutou de fora da área no ângulo de Magrão e empatou o jogo. Dois minutos depois, David foi lançado na área e ficou cara a cara com Magrão. Mas o goleiro rubro-negro fechou bem o ângulo e fez outra grande defesa, salvando o Sport de tomar a virada. O Time rubro-negro só acordou a partir dos 17 minutos com a entrada de Élton. Passou a atacar mais e perdeu uma série de chances claras de gol. A primeira foi aos 20 minutos Marcelinho Paraíba chutou e acertou a trave. Na sobra Wilson apareceu livre no meio da área, ele chutou rasteiro e o goleiro Max desviou para escanteio. Aos 29 minutos foi vez de Marcelinho Paraíba ser lançado e aparecer livre na área, mas o meia chutou rasteiro e Max fez uma boa defesa. O Vila Nova reagiu e equilibrou o jogo, mas pecava na hora de finalizar. O time leonino não desistiu e continuou buscando o gol. E nos minutos finais o Sport jogou fora duas grandes chances de sair com a vitória. Primeiro aos 40 minutos, Eliandro foi lançado cara a cara com o goleiro. Max saiu e Eliandro acabou pegando mal na bola que desviou no goleiro goiano e foi fraca até a pequena área, onde Leandrão apareceu e rasgou. Aoa 43 minutos, Eliandro tocou para Élton, sozinho na pequena área, o meia chutou rasteiro nas mãos de Max que acabou por fazer outra grande defesa. A última cartada rubro-negra foi um chute de Renato ao 47 minutos, a bola desviou na zaga, enganou Max e saiu rente à trave para escanteio. Após a cobrança a zaga cortou e o juiz encerrou o jogo.

Opinião

Inacreditável. Não dá para acreditar como o Sport perdeu tantas chances claras de gol no jogo. Foram cinco oportunidades mano a mano com o goleiro. Dutra, Wilson, Marcelinho, Elton e Eliandro não souberam como vencer o goleiro Max. Inadimissível e desanimador um time perder tantos gols em um jogo e deixar escapar dois pontos preciosos nesta luta. Faltou a calma/tranquilidade que tanto falo aqui que o Sport precisa ter na hora de finalizar.

O Empate não foi justo, apesar de ter sido um jogo bem disputado e o Vila Nova-GO ter tido várias chances, principalmente no primeiro tempo. O jogo começou feio e parecia que seria pior do que pelada. Mas as equipes se acertaram a partir da metade da etapa inicial. O Sport achou um gol e que golaço. Saiu com boa vantagem. Mas se submeteu a uma pressão inicial do Vila Nova-GO no começo do segundo tempo e por pouco não tomou a vorada; A entrada de Élton deu outra cara ao time que cresceu e teve as chances disperdiçadas.

As chances continuam. O time segue vivo. Diminuiu a diferença para o G4. Mas tem que melhorar suas finalizações se quiser contar com a sorte e conseguir o acesso. Tem que vencer os três jogos e torcer por um outro tropeço do América-MG. Está mais difícil, entretanto enquanto houver chance o time tem que acreditar e jogar para subir. Quem sabe no final consegue o milagre e garante a vaga. O Sport é assim, só consegue as coisas na base do sufoco, da superação com muita emoção, drama e na última partida. Por isso ainda acho que o time pode subir.

 

Na próxima rodada o Leão enfrenta o Santo André. O Jogo será sexta-feira, 12, às 20hs na Ilha do Retiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: