Sport vence com gol de goleiro

O Sport conseguiu uma vitória histórica na noite desta segunda-feira, 31. O Leão bateu o Vitória por 2×1 na Ilha do Retiro com um gol salvador do goleiro Saulo. O Arqueiro rubro-negro foi para área nos acréscimos e de cabeça marcou o gol da vitória. Ele acabou se machucando na comemoração e preocupa. Com o triunfo histórico o Sport subiu para a 5ª colocação com 11 pontos ganhos. Já o Vitória segue próximo da zona do rebaixamento com quatro pontos e ocupando o 10º lugar.

O Leão começou o jogo explorando a lateral-direita com o estreante Thiaguinho. Mas sem entrosamento e um meio de criação com qualidade para auxiliar o lateral, o Sport não conseguia finalizar com perigo. A primeira chance consistente veio aos 25 minutos em um chute de Wellington Saci, bem defendido por Jaílson. A resposta do vitória veio cinco minutos depois com um chute de Paulo Victor e uma grande defesa de Saulo. Apesar de dominar o jogo o Sport só abriu o placar aos 37 minutos. Após um corte desprentecioso, a zaga do Vitória deu bobeira, Ciro dominou e deu um passe na medida para Thiaguinho que entrou na área e chutou cruzado sem chances para Jaílson. Era o alívio para o time rubro-negro e sua torcida que foi para o intervalo mais animada e esperançosa.

No segundo tempo o Vitória apertou mais a marcação e cresceu no jogo. O Sport ainda tentou ampliar com Alessandro no primeiro minutos, mas Jaílson evitou.  E o tricolor das tabocas respondeu de forma fatal. Aos três minutos, uma rápida cobrança de falta, descuido da defesa rubro-negra e Diego Fiúza cruzou para Robertinho empurrar para as redes e empatar a partida. Aí o Sport se perdeu em campo. Errando muitos passes e sem qualidade no meio, o time rubro-negro pouco ofereceu perigo.

Geninho tentou colocar a equipe para cima pondo Wilson no lugar de Germano. Mas o time não rendia e a paciência da torcida se esgotava. As vaias começaram a aparecer e a pressão para cima de Geninho era grande. Ele ainda tirou Thiaguinho, cansado, para colocar Joédson, para desespero da torcida. O Vitória quase se aproveita para virar o jogo. Diego Fiúza ganhou de Tobi e chutou, a bola passou muito perto do travessão.

Quando tudo parecia não dá certo. Quando o Sport pressionava, mas não alcançava o gol. Surgiu o herói leonino. Aos 46 minutos, falta na entrada da área puxando para a lateral. Carlinhos Bala foi para a cobrança. A torcida começou a gritar para Saulo ir para a área. E autorizado por Geninho, ele foi. Bala cruzou e a bola foi certeira na cabeça de Saulo que mandou para o fundo das redes, desempatando o jogo.  A torcida enlouqueceu de alegria. O Êxtase foi tanto que o goleiro acabou torcendo o joelho direito na comemoração.

Como já havia feito todas as alterações, Geninho tinha que improvisar alguém para ser goleiro. E Carlinhos Bala foi o responsável. Os minutos finais foram de festa e drama. Cada bola tirada era uma festa. E Carlinhos Bala ainda fez uma grande intervenção após cobrança de escanteio. Depois deste lance o juiz encerrou a partida para o delírio dos jogadores e da torcida presente ao estádio.

Opinião

Um jogo realmente histórico. O Sport jogou mal e foi, literalmente salvo pelo seu goleiro. O time rubro-negro fez uma apresentação regular no primeiro tempo. Explorou bastante o lateral-direito Thiaguinho que mostrou tranquilidade. E na única bola bem trabalhada fez o gol. Ciro acreditou em uma bola onde a zaga adversária falhou e deu um passe perfeito para Thiaguinho estufar as redes. No segundo tempo o Vitória fez um gol logo cedo e isso acabou com o Sport. A impaciência da torcida, a falta de entrosamento do time e de qualidade no meio-de-campo fizeram o time não se achar em campo.

Nos minutos finais a equipe leonina tentou pressionar na base do abafa. E conseguiu o gol de forma histórica. Parabéns ao goleiro Saulo. Este gol foi a cara dele, um jogador guerreiro e que honra a camisa do time. Acreditou em seu potencial, foi para a área e subiu corretamente para cabecear a bola. É uma pena que tenha se machucado na comemoração. Fica a torcida para que não seja nada grave.

O Mais importante foi a vitória ter sido conquistada na raça. Mas que ela não apague as falhas do Sport. O time ainda precisa melhor, principalmente no setor de criação. Fabrício não aparece, não dá opção aos companheiros e as bolas só chegam para os atacante através de lançamentos longos. Geninho precisa organizar melhor esse time. A marcação precisa ser aperfeiçoada também. O Gol sofrido foi pura desatenção. O Prazo que eu tinha dito era 9ª rodada tanto para Sport quanto para o Náutico e vou esperar até lá para fazer uma critica maior se for necessário. Espero que não seja para ambas as equipes.

Na próxima rodada, o Sport encara o líder Central às 20hs de quinta-feira, 03, na Ilha do Retiro. No mesmo dia e horário o Vitória encara o América no estádio Ademir Cunha, em Paulista.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: