Náutico ganha de virada

O Náutico voltou a vencer no Campeonato Pernambucano. Na noite desta quarta-feira, 09, o Timbu saiu perdendo, mas virou e venceu o América por 2×1, nos Aflitos. O Resultado deixou o time alvirrubro, provisoriamente, na 2ª colocação com 21 pontos. Já o Mequinha segue dando passos largos para o rebaixamento e ocupa a lanterna da competição com apenas um ponto conquistado.

Sem alguns jogadores que foram poupados por conta de cartão amarelo, o Náutico ficou perdido em campo na etapa inicial. Isto foi fundamental para o América se impor em campo e abrir o placar aos 13 minutos. Após cobrança de falta, Silvano desviou, de cabeça, no meio da área para o fundo das redes. Sem conseguir armar boas jogadas, o Náutico se jogava ao ataque de uma forma mais desorganizada. Isso permitiu uma resposta perigosa do América. Aos 42 minutos, Branquinho chutou e Gledson fez grande defesa e no rebote o América não aproveitou.

No segundo tempo o Náutico voltou outro. Parece que a bronca de Roberto Fernandes no vestiário surtiu efeito e o time melhorou. Logo aos cinco minutos, Jorge Felipe cabeceou perigosamente e assustou o América. E no minuto seguinte o Náutico teve um gol anulado. O Juiz Gilberto Castro Júnior viu um desvio de Ricardo Xavier, com a mão. O timbu não desistiu, continuou sendo superior e em cima do adversário. Aos nove minutos, após cobrança de escanteio que apareceu foi o zagueiro Éverton Luiz para cabecear e empatar a partida.

Sem diminuir o ritmo superior, o Náutico chegou à virada no placar. Aos 17 minutos, Kieza pegou um rebote de chute de Ricardo Xavier, mas errou na hora da finalização. Aos 22 minutos, Everton Luiz apareceu, outra vez, para cabecear após cobrança de falta e fez 2×1 para o Náutico. O Timbu passou então a administrar o resultado e ainda desperdiçou duas boas oportunidades de ampliar o marcador. Completamente batido em campo, o América ainda viu Juninho Potiguar ser expulso e afundar ainda mais o time na lanterna da competição.

 

Opinião

O Resultado foi justo pelo fato de que o Náutico quando acordou para o jogo conseguiu ser muito mais superior do que o América tinha sido na primeira etapa. Um Náutico de dois tempos distintos. No primeiro, o timbu não existiu em campo. Muito apagado, o time alvirrubro permitiu que o América surpreendesse e saísse do primeiro tempo com uma vitória merecida. Mas no segundo tempo, o Náutico foi completamente outro. A bronca surtiu efeito e o time acordou. Aí o Náutico fez valer sua força e sua melhor qualidade. Conseguiu pressionar e virar a partida.  Depois foi a vez de administrar o resultado. O América ainda tentou poucas vezes empatar o jogo, mas não teve qualidade para tal fato.

 

Na próxima rodada, o Náutico enfrenta o Sport no domingo, 13, na Ilha do Retiro às 16hs. Já o América recebe o Araripina no Ademir Cunha no mesmo dia e horário.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: