O Fenômeno se aposenta

Esta segunda-feira ficará marcada na história do futebol brasileiro e mundial. Um grande mito está encerrando sua carreira de jogador. Ronaldo Nazário, o Fenômeno, decidiu pendurar as chuteiras por não agüentar mais as dores no corpo. Encerra-se uma carreira de momentos marcantes, brilhos, alegrias, decepções, superações e muitos gols. É a despedida de um dos melhores jogadores da história do futebol mundial.

Ronaldo Nazário de Lima surgiu para o futebol aos 17 anos no Cruzeiro em 1993. No ano seguinte se transferiu para a Holanda onde jogou no PSV e foi convocado para disputar a Copa do Mundo daquele ano pela Seleção Brasileira. Não jogou uma partida sequer no mundial, mas teve a honra de fazer parte do grupo que tornou o Brasil tetracampeão mundial de futebol. Depois Ronaldo só fez crescer. Foi para  o Barcelona, da Espanha, onde jogou muita bola e conquistou o título de melhor jogador do mundo em 1996. Título este que ele viria a ganha no ano seguinte quando jogava pelo Inter de Milão.

Em 1998 teve a chance de se consagrar quando foi disputar a Copa do Mundo na França. Conduziu o Brasil até a final contra os donos da casa. Mas uma história mal explicada fez com que seu desempenho fosse muito abaixo da critíca e o Brasil acabou sendo derrotado por 3×0. Apesar de os médicos terem dito que ele teve uma convulsão antes do jogo, mas depois tinha condições de jogo, era bastante perceptível que algo muito mais grave tinha antecedido aquela final. Só não se sabe, ainda, o que realmente aconteceu. Ronaldo ainda teve o rompimento do tendão patelar do joelho esquerdo e ficou cinco meses afastado do futebol.

O Segundo momento difícil na carreira veio em abril de 2000. Durante um partida pelo Inter de Milão quando rompeu o tendão patelar do joelho direito. Uma cena chocante e que parecia ser o fim da carreira de Ronaldo. Mas ele se mostrou forte. Passou um ano e três meses se tratando. Voltou ao futebol e em 2002 nos deu a maior alegria ao comandar o Brasil ao lado de Rivaldo na conquista do pentacampeonato mundial de futebol. Ronaldo marcou oito gols nesta Copa do Mundo, dois deles na final e muito injustamente não foi eleito o melhor jogador do mundial. Mas ficou pela terceira vez com o título de melhor jogador do mundo, escolhido pela FIFA.

Foi aos poucos perdendo um pouco do seu brilho. Confusões extra-campo começaram a manchar sua imagem. Ronaldo foi ficando fora do peso e passou a ser muito contestado. Em 2006 voltou a disputar uma Copa do Mundo pela Seleção Brasileira. Fez gols, virou o maior artilheiro da história das Copas do Mundo. Mas não conseguiu levar a nossa seleção ao título. Mais uma vez parou nos pés da França, desta feita nas quartas-de-finais.

Em 2008, Ronaldo voltou a viver um drama. Quando jogava pelo Milan, da Itália, voltou a romper o tendão patelar do joelho esquerdo. Uma lesão de forma muito parecida com a que viveu em 2000. Mais uma cena chocante e novamente acreditava-se no fim da carreira do jogador. Outra vez ele mostrou sua força de superação e recuperou-se. Voltou ao futebol para jogar pelo Milan, mas sem o mesmo brilho. Em 2009 foi contratado pelo Corinthians-SP. Era sua volta ao futebol brasileiro. Ajudou o time paulista a conquistar o Campeonato Paulista, a Copa do Brasil e voltar a jogar a Libertadores. Passou o ano de 2010 se arrastando. Fora do peso, não jogou todas as partidas do time. Muito se cogitou a aposentadoria, mas ele garantiu ter gás para ir até o final de 2011.

Viveu alguns dramas neste ano de 2011. Com o Corinthians fora da Libertadores foi ameaçado por torcedores, discutiu com jornalistas e ficou afastado por alguns dias, mas nunca deu pinta de que iria se aposentar. Entretanto no último domingo, 13, surpreendeu à todos quando marcou uma coletiva de imprensa para esta segunda-feira, 14, para confirmar sua aposentadoria. Ronaldo primeiro se despediu dos colegas do Corinthians para quem discursou e foi aplaudido de pé. Depois concedeu a entrevista à toda imprensa brasileira e mundial se despedindo do futebol.

Fica o nosso agradecimento a este grande jogador. Parabéns Ronaldo por todas as conquistas que tivestes e proporcionastes aos brasileiros e torcedores dos clubes por onde passastes. Parabéns pelo poder de superação, pela garra e pelo grande futebol demonstrado em todos esses quase 20 anos de carreira profissional. Ronaldo para, mas sua história, suas conquistas, seu brilho jamais será esquecido por nós que amamos o futebol.

 

Valeu Fenômeno!!!

Valeu Ronaldo!!!

 

Anúncios

Fluminense Campeão Brasileiro

O Fluminense se sagrou no último domingo, 05, o Campeão Brasileiro de 2010. O Tricolor carioca assegurou o bicampeonato nacional ao vencer o Guarani por 1×0, no Rio de Janeiro. O time é comandado pelo excelente técnico Muricy Ramalho que conquistou seu 4º título brasileiro em cinco anos.

Foi uma conquista merecida. O Fluminense fez uma campanha regular. Os jogadores se entregaram, jogaram com amor a camisa e com muita garra fizeram por merecer a conquista. Destaque para o meia argentino Conca que jogou todas as 38 partidas do time no campeonato. E foi o maestro da equipe que ainda contou com estrelas como os atacantes Washington, Fred e Emerson e o meia luso-brasileiro Deco.

O Gol que deu o título ao Fluminense-RJ foi marcado aos 16 minutos do segundo tempo pelo atacante Emerson. Um gol predestinado. Era para fazer história mesmo. Depois de duas divididas o lateral Carlinhos ganhou do zagueiro e cruzou. Washington cabeceou, a bola tocou na mão do zagueiro e sobrou para Emerson chutar por debaixo das pernas de dois adversários. A bola foi morrer no fundo do gol e deu início à uma grande e merecida festa. Após 26 anos a torcida tricolor pode novamente comemorar um título.

 

Parabéns ao Fluminense pela conquista!!!

Parabéns ainda maior para Muricy Ramalho. Provou que é o melhor técnico do Brasil na atualidade. Calou os critícos que acharam que o poder dele tinha acabado ao não conquistar o título em  2009 e mostrou que quando tem espaço para trabalhar sabe comandar muito bem o time.

Internacional é Bicampeão da América

Capitão Bolívar ergue a taça de campeão da Libertadores. // Foto: UolEsporte

O Internacional-RS é o mais novo campeão da Taça Libertadores da América. O time gaúcho repete o feito de 2006 e volta a conquistar a América. Na noite desta quarta-feira, 18, o colorado derrotou o Chivas-MEX por 3×2, em Porto Alegre. Como também havia vencido o jogo de ida no México, o time gaúcho confirmou o bicampeonato.

O Inter jogou bem melhor que o Chivas. Mas se mostrou nervoso no primeiro tempo e não soube aproveitar as chances que teve. O time mexicano pouco atacou, mas foi fatal. Aos 42 minutos, após cruzamento na área, a bola sobrou para Fábian. Ele dominou, girou na frente do zagueiro e bateu de forma indefensável para fazer Chivas 1×0. No segundo tempo, o Internacional apertou a marcação e conseguiu ser mais eficientes em seus ataques. Aos 16 minutos, Kleber cruzou e Rafael Sóbis apareceu na área para escorar para o fundo do gol.

O time gaúcho era campeão já com o empate. Então se fechou e passou a jogar no contra-ataque. O Chivas tentava atacar, mas esbarrava na marcação. Eis que aos 30 minutos brilha a estrela do garoto Leandro Damião. Ele pega a bola no meio-de-campo e dá uma arrancada em direção à área. E quando fica cara a cara com o goleiro bate para o fundo das redes, virando o jogo par ao Internacional. E quando a torcida já fazia festa veio a consagração do título. Aos 45 minutos, Giuliano recebeu a bola na frente da área, escapou de dois zagueiros e tocou na saída do goleiro para fazer Inter 3×1. Aí, o Beira Rio passou a tremer ainda mais de tanta festa. O Chivas ainda arrumou um gol no último minuto com Araújo aproveitando o rebote de uma falta cobrada na trave. Mas nada que tirasse o brilho do título colorado.

Opinião

O Internacional fez por merecer este título. Jogou bem as duas partidas da final. Foi superior ao Chivas o tempo todo e ainda foi o mais competente nas finalizações. Parabéns ao técnico Celso Roth que pegou o time em crise, levantou o astral do grupo. Escalou o time ofensivamente e deu o título ao Internacional. Parabéns a todos os jogadores do colorado pela entrega e vontade de vencer.

Agora o time gaúcho vai usar o Campeonato Brasileiro de preparação para o Mundial de Clubes da Fifa. A Competição acontecerá no mês de dezembro em Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos. A Expectativa é de que o time brasileiro possa fazer a final contra o Internazionale de Milão-ITA, campeão europeu.

Parabéns Internaciona!!!

Internacional e Santos saem na frente

Na noite de decisões do futebol brasileiro, melhor para os times que jogaram em casa. Internacional e Santos se deram bem ao vencer seus jogos e abrir vantagem na Libertadores e Copa do Brasil, respectivamente.

Em Porto Alegre-RS, o Internacional derrotou o São Paulo por 1×0 no primeiro jogo da semifinal da Libertadores da América. O Gol foi marcado por Giuliano. Agora o time gaúcho joga por um empate ou vitória para passar à diante. Uma derrota por um gol de diferença, desde que marque um gol(2×1, 3×2, 4×3 …)também leva o time colorado à final da competição continental. O São Paulo precisa vencer por dois ou mais gols de diferença para ficar com a vaga. Caso o tricolor paulista vença por 1×0 a decisão irá para os pênaltis. O jogo da volta entre as duas equipes acontece na próxima quinta-feira, 05.

Em Santos-SP, quem se levou a melhor foram os “meninos da vila”. O Santos venceu o Vitória-BA por 2×0. Neymar e Marquinhos fizeram os gols do jogo. O time paulista abusou de perder chances para ampliar o marcador. E ainda teve um pênalti desperdiçado no segundo tempo. Neymar tentou bater colocado no meio do gol, mas acabou recuando para o goleiro. Com o resultado, o Santos joga pelo empate e pode até perder por um gol de diferença. Em caso de derrota por dois gols de diferença, desde que faça gols(3×1, 4×2, 5×3 …), o time paulista leva a taça. O Vitória precisa vencer por três ou mais gols de diferença para conquistar o título. Caso o time baiano vença por 2×0 a decisão será nos pênaltis. O jogo da volta será na próxima quarta-feira, 04, no estádio Barradão, em Salvador.

Noite agitada no futebol brasileiro

A Noite desta quarta-feira, 28, será agitada e emocionante para o futebol brasileiro. Dois grandes jogos irão mexer com os nervos de todo Brasil. Teremos a primeira semifinal de Libertadores entre Internacional e São Paulo. E Também, a partida de ida da final da Copa do Brasil entre Santos e Vitória.

Pela libertadores, Internacional e São Paulo voltam a se enfrentar depois de terem decidido a competição em 2006. O primeiro jogo será no Beira Rio, em Porto Alegre. O Inter vive um momento melhor. Vem bem no Campeonato Brasileiro estando entre os quatro primeiros. Já o São Paulo atravessa uma má fase. Até a demissão do técnico Ricardo Gomes já foi cogitada. Mas quando se trata de uma semifinal de Libertadores da América tudo pode acontecer. É certeza de um bom jogo.

Pela Copa do Brasil, Santos e Vitória fazem a primeira partida na Vila Belmiro, em Santos-SP. O time santista tem o quarteto ofensivo com Ganso, Neymar, Robinho e André. Será a primeira partida deles depois da primeira convocação dos quatro para a Selelção Brasileira. O time não tem jogado da mesma forma que no início do ano, mas muito se espera dele nesta final. Já o Vitória chega como surpresa para esta final. É um representante nordestino na luta por vaga na Libertadores 2011. O time vem fazendo uma campanha regular no Brasileirão e quer mostrar sua força para todo o Brasil.

Enquanto rola a emoção no Sul do país, aqui no Recife teremos jogo pelo Campeonato do Nordeste. O Santa Cruz vai enfrentar o Treze-PB. Mas o tricolor vai com um time reserva para campo. Givanildo Oliveira decidiu poupar os titulares para o jogo de domingo, 1º, contra o Confinça-SE pela Série D. O jogo do Nordestão será difícil para o tricolor que vem fazendo uma campanha ruim na competição regional. Boa Sorte ao Santa.

Boa Sorte ao Vitória que representa o Nordeste na Copa do Brasil!! !

Que tenhamos realmente uma noite de grandes jogos e de muita emoção.

Vida que segue

Acabou a Copa do Mundo. E o futebol brasileiro volta a sua rotina. A Partir de amanhã voltam os jogos do Campeonato Brasileiro. Primeiro recomeça a Série B, depois a Série A. E no fim de semana terão início as  Séries C e D do Brasileirão.

Os times de pernambucanos estarão envolvidos nas Série B, C e D. E o Blog vai trazer tudo para você. Como estão Náutico e Sport para a volta da segunda divisão? Como está o Salgueiro na preparação final para a Série C? E também tudo sobre os últimos preparativos de Santa Cruz e Central antes da estréia na Série D.

Estaremos junto na torcida pelo bem do futebol pernambucano. E que o Náutico e o Sport subam para a Série A. Que o Salgueiro faça uma boa campanha na Série C e chegue até a brigar pela vaga na Série B de 2011. E que Central e Santa Cruz briguem para subir de divisão também. Vamos em frente.

Os campeões pelo Brasil

Neste domingo, 02, Pernambuco começou a ter seu campeonato estadual decidido, mas o campeão só será conhecido na quarta-feira, 05. Porém outros sete estados do Brasil já conheceram seus campeões.

Em São Paulo, o Santos confirmou o favoritismo e levantou a taça. O time santista perdeu para o Santo André por 3×2, mas como tinha vencido o jogo de ida também por 3×2 e jogava por dois resultados iguais, o Peixe sagrou-se campeão paulista.

Na Bahia, o Vitória conquistou o tetracampeonato baiano. A equipe rubro-negra perdeu para o Bahia por 2×1. Mas tinha vencido o jogo de ida por 1×0 e podia perder por um gol de diferença. A equipe é comandada pelo treinador Ricardo Silva e faz boa campanha também na Copa do Brasil.

No Rio Grande do Sul, o Grêmio sagrou-se campeão gaúcho. O time tricolor perdeu para o Internacional por 1×0, no estádio Olímpico. Mas como tinha vencido a partida de ida por 2×0, garantiu o triunfo. Foi o 36º título gaúcho do Grêmio.

Em Goiás, o Atlético-GO conquistou de forma soberana o título goiano. A equipe, que eliminou o Santa Cruz da Copa do Brasil, derrotou o Santa Helena por 3×1, fora de casa. Como havia vencido o jogo de ida por 4×0, o Atlético-GO apenas ratificou o título.

Em Minas Gerais, o Atlético-MG conquistou o campeonato mineiro. O time, que eliminou o Sport da Copa do Brasil, venceu o Ipatinga por 2×0. Como havia vencido o jogo da ida por 3×2, o Galo apenas carimbou a conquista. Foi o 40º título da Atlético-MG.

Em Santa Catarina deu Avaí. O time derrotou o Joinville por 2×0 na Ressacada. Com tinha vencido o primeiro duelo por 3×1, o time comandado por Péricles Chamusca conquistou o bicampeonato estadual.

No Ceará, o Fortaleza conquistou o tetracampeonato. O time tricolor perdeu o jogo no tempo normal para o Ceará por 2×1. Como o Fortaleza tinha vencido o jogo de ida por 1×0, a decisão foi para os pênaltis. Nas cobranças de penalidades, o Fortaleza venceu por 3×1 e conquistou o título. Foi o 39º título do tricolor que se igualou ao Ceará.

A Emoção que as sete torcidas tiveram no domingo, 02, a torcida do Náutico ou do Sport terá na próxima quarta-feira, 05. E aí torcedor, quem vai fazer a festa em Pernambuco?